CoordenadorEXIN
Duração do curso--
Processo seletivo

Carreira de DPO

Com a promulgação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), versão brasileira da General Data Protection Regulation (GPDR), as empresas brasileiras já estão em alerta para encontrar um profissional qualificado responsável pela proteção desses dados e segurança da empresa.

A GDPR exige a nomeação obrigatória de um Oficial de Proteção de Dados ou Data Protection Officer (DPO) para qualquer organização que processe ou armazene grandes quantidades de dados pessoais, seja para funcionários, indivíduos fora da organização ou ambos, e segundo a International Association on Privacy Professionals, estima-se que será necessário a contratação de cerca de 28 mil DPOs para que as empresas europeias se adequem a esta nova legislação.

No Brasil não será diferente, a partir de agosto de 2020 esse especialista será encarregado de administrar todo o fluxo de informações em qualquer empresa, desde sua coleta até seu tratamento. Além de que, empresas brasileiras que desenvolvam negócios com empresas europeias terão um atrativo se nomearem um DPO, afinal, tal profissional poderá atestar que se trata de uma instituição atenta à proteção de dados pessoais e à legislação vigente sobre a matéria.

Ainda há escassez de profissionais com conhecimento e habilidades específicas para exercer a função de DPO e a capacitação do professional se faz necessária e será exigida pela maioria das empresas na contratação ou adequação de seu quadro de colaboradores.

Como parceiros do EXIN, oferecemos a você um pacote especial e completo para que você obtenha a formação mais procurada nos próximos anos.

O QUE É UM DPO?

O Data Protection Officer ou DPO é um profissional de proteção de dados que exerce um papel de liderança da segurança da empresa exigido pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR). Os responsáveis pela proteção de dados são responsáveis por supervisionar a estratégia e a implementação da proteção desses dados, além de educar a empresa e seus funcionários para garantir a conformidade com os requisitos do GDPR, realizando auditorias regulares de segurança. Portanto, um DPO deve ser um especialista em leis e práticas de proteção de dados pessoais às quais a organização está sujeita, principalmente, mas não exclusivamente, às regras definidas pela Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Além disso, ter um bom conhecimento técnico e habilidades interpessoais para se relacionar com diferentes áreas de organização e com os reguladores, se faz necessário.

Como se qualificar para ser um DPO?

O instituto EXIN fornece a qualificação para o profissional que obtém as certificações ISFS – Information Security Foundation based on ISO/IEC 27001, PDPF – Privacy & Data Protection Foundation e PDPP – Privacy & Data Protection Practitioner. Esta certificação alinha os fundamentos de segurança da informação da ISFS com o conhecimento sobre a GDPR obtidos na PDPF e da implementação de um Sistema de Gestão de Privacidade de Dados do PDPP.

Composto de 3 cursos e com bônus especial para você:

O certificado de DPO será emitido juntamente com o certificado de PDPP – Privacy & Data Protection Practitioner EXIN.

Público-alvo

  • DPO (Diretor de Proteção de Dados)
  • Privacy Officer (Diretor de Privacidade)
  • Legal Officer (Diretor Jurídico)
  • Compliance Officer (Diretor de Conformidade)
  • Security Officer (Diretor de Segurança)
  • Business Continuity Manager (Gerente de Continuidade de Negócios)
  • Advogados (Lawyers)
  • Profissionais de Tecnologia da Informação (Information Technology Professionals)

Objetivo

  • Um programa atualizado, baseado no GDPR da União Europeia.
  • Fornece o conjunto completo de conhecimento e competências para os agentes, novos ou atuais, para a proteção de dados.
  • A formação é reconhecida internacionalmente.
  • Fornece orientação para implementação e manutenção.
  • O conhecimento pode ser aplicado em todos os países que pertençam ou tenham relacionamento com a União Europeia.